SFB – Solidariedade França Brasil - Pelo direito da criança à educação

Coquetel SFB 2018

Nicolas Krassik, padrinho SFB

Slide5‘Na última quarta, 27 de maio de 2015, durante o show organizado em prol da Solidariedade França-Brasil (SFB), tive a honra de ser nomeado padrinho da instituição.

Eu me identifico muito com a SFB por vários motivos. Primeiro porque os projetos desenvolvidos pela ONG são voltados às crianças e à educação – e é aí que mora nossa grande esperança de construir um mundo melhor. Segundo porque estamos falando de projetos desenvolvidos em áreas de subúrbio. Fui criado em um subúrbio bem problemático de Paris e sei o quanto é difícil os olhares das pessoas se voltarem para esse tipo de lugar com esse nível de desigualdade social. Terceiro porque é uma instituição franco-brasileira, fazendo a ponte entre as minhas origens e a minha vida atual no Brasil.

Durante muito tempo me perguntei como poderia ajudar em alguma coisa, além de simplesmente exercer minha profissão de artista. Pronto, encontrei – ou melhor, me encontraram! Muitos amigos artistas se mobilizaram para essa primeira edição: Carlos Malta, Beto Lemos, Gabriel Grossi, Chris Mourão e Nando Duarte, alguns dos melhores músicos da cena musical brasileira, além de Kadu Vieira e Viviane Soares, dois incríveis bailarinos que criaram uma linda coreografia para uma música de Chico Buarque.

A noite foi inesquecível, a doação de todos foi total. Muita emoção, muita energia, choro, samba, forró (muito forró!)… Todo mundo terminou o show dançando, até eu!

Agradeço muito a SFB pelo convite e pela confiança. É uma honra poder contribuir humildemente para um possível mundo melhor.

Nicolas Krassik, padrinho da SFB

Publicado em 28 maio 2015